15/09/2013

Ninguém vai te amar como eu te amei

Nos momentos em que tu vens em minhas lembranças...
E lembro-me do quanto eu te amei.
Digo a mim mesma...
Que ninguém nunca vai te amar como eu te amei.

Que ninguém vai ser tão tua, como eu fui...
Neste momento sentimentos invadem meu ser,
e dá vontade de novamente te ter...
Continuo pensando... ninguém vai te amar com tanto amor,
com tanta intensidade, com tanta verdade.

Inspiração

Ninguém vai te dar amor... com tanto amor,
Ninguém vai te amar com tanto fervor.
Mas na verdade...
Alguém pode sim te amar muito, sim... pode.
Mas não como eu, entende?
Do jeito que te amei, só eu amei...

Foi no meu peito que a chama da paixão queimou,
Foi em meu corpo que o desejo de estar com você se impregnou,
e o meu ser incendiou, ansiando por ser fazer amor.

Por isso na emoção das minhas lembranças... eu penso...
\'\' Ninguém vai te amar como eu te amei... \'\'
Como te amo.
Autora: Fernanda Oliveira 
 
Beija flor

Que tal  esse lindo poema?  Gostou? Claro que sim, tem tanta sensibilidade. Agora que você leu, e apreciou, eu te convido a conhecer o  blog da amiga Fernanda, e ler todas  a  suas poesias. E claro prestigiar e apreciar  o que é nosso, nossos talentos.

Se você é amante da poesia como nós, 
clique no link e conheça o blog ... 

>> "Inspiração"  

9 comentários:

  1. Um poema lindo e profundo com belas palavras
    de amor, e que bom sentir-se amada assim por alguém
    simplesmente maravilhoso, abraços com carinho de sempre

    Bjuss de bom final de semana

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
  2. Poema maravilhoso da Fernanda! Quanta sensibilidade!
    Mynda vc não me respondeu se vai querer pegar meus trabalhos paea postar!
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  3. Já havia lido o poema encantador e apaixonado da querida Fernando em seu blog. Deixo aqui meu carinho para ela e vcs.

    => Gritos da alma
    => Meus contos
    => Só quadras

    ResponderExcluir
  4. Boa noite amiga Mynda!
    Nossa a postagem ficou linda, como todas as outras...
    Tudo muito caprichado.
    Muito legal ver meu poema aqui em seu espaço, neste blog tão bacana.
    Obrigada pelo carinho!

    Beijos!

    Fernanda Oliveira

    ResponderExcluir
  5. Simplesmente encantador

    Deixo abraço
    ********************
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  6. Eu adoro as poesias da Fernanda e essa ficou apaixonada e comovente!Uma ótima escolha!bjs,

    ResponderExcluir
  7. Até quando não sei
    Não te vou deixar não
    A rimar continuarei
    Na brincadeira elas são.

    A rimar com imaginação
    Simplesmente na brincadeira
    Para sossegar o teu coração
    Amiga Fernanda Oliveira!

    Por aqui irei continuar
    Os teus poemas gosto de ler
    Escreves bem a pensar
    Gosto dos teus olhos ver!

    Não te aborreças de escrever
    Para eu te responder a rimar
    Já não sei mais o que te dizer
    Por hoje vou terminar!

    Pela tua visita obrigado
    Rima comigo na brincadeira
    Recebe um beijo do Eduardo
    Amiga Fernanda Oliveira!

    ResponderExcluir
  8. Boa tarde, My, Raphael e Fernanda. Sempre achamos que na maioria das vezes, ninguém amará como nós, que o amor que devotamos ninguém será capaz de devotar, mas na realidade pensamos assim porque o nosso amor é tão nosso, tão particular, tão do nosso jeito, que não conseguimos sequer imaginar que as pessoas mudam, que não somos melhores e nem o nosso amor também.
    Somos diferentes e é com essa consciência que seguimos em frente.
    Uma outra hora encontraremos um novo amor e daremos a ele tudo o que demos de melhor anteriormente e que ficou pelo meio do caminho.
    Somos pessoas especiais com grande capacidade de amar, as lembranças são provas disso, mas ficará no canto do nosso coração, quando a felicidade sorrir novamente para nós.
    Os amores são transformados!
    Beijos na alma de todos e excelente fim de semana de paz!

    ResponderExcluir