14/07/2013

Você me dizia

Você me dizia que não era amor, 
embora eu insistisse e te afirmar: sim, eu te amo!
Usava uma reguinha só sua 
para medir os sentimentos.
Pior, não media os seus, media os meus! Abusada!
Mas justamente e também por ser abusada é que te amei,não..
estou mentindo, é por isso que te amo! 
Assim mesmo, conjugado no presente!

Você me dizia

Eu sei, não precisa repetir...
você acha que é uma brincadeira de adultos, 
uma paixãozinha qualquer, uma alegria passageira!
Mas isso é o que você acha! Esse é o ponto: você acha demais!
Mas quem sabe você tenha razão: uma brincadeira de adultos.
Sendo assim,ou não sei brincar, ou não sou adulto.
Pra continuar te amando, eu inventei uma verdade, 
a minha verdade...e fui brincar lá no pátio!
Fui brincar de te amar, na minha verdade inventada...
Na brincadeira de adultos!
Como quem conta até dez...e vai se esconder!
Luiz Wood

2 comentários:

  1. Seguindo seu blog! segue o meu tbm :)) http://taynaemariana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Linda poesia..é assim mesmo!As é conosco.. sempre temos a mania de medir o sentimento dos outros. Sem se importar se estamos fazendo o bem ou não!
    Idependente que esse sentimento seja de amor ou amizade!

    Bjsssss

    ResponderExcluir